WhatsApp%20Image%202020-11-09%20at%2007.
Buscar
  • Saulo Rocha

TRANSTORNOS ANSIOSOS

Atualizado: 20 de nov. de 2020



De tempos em tempos, todo mundo fica nervoso ou ansioso – ou por ter uma reunião importante, ou por ter que fazer uma apresentação em público, ou por dificuldades financeiras, dentre tantos outros. Isto significa que ficamos apreensivos e vigilantes, diante de situações que podem causar certo receio. Isto faz parte do existir. Uma vez que a ansiedade é uma resposta natural em que o organismos se prepara para lidar com momentos que geram tensões físicas e psicológicas, a ansiedade sempre nos dá um sinal de alerta que adverte sobre os eventuais perigos, nos mobilizando a tomar medidas necessárias para enfrenta-los.


Para algumas pessoas, porém, a ansiedade se torna tão frequente, ou tão forte, que começa a controlar e atrapalhar a vida delas. Neste ponto ela se torna patológica

Compreendendo a ansiedade.

Do latim ANXIETAS (angústia, pouco à vontade) e ANGUERE (apertar, sufocar, atormentar, causar tensão) a ansiedade torna-se patológica quando, devido a sua intensidade, pode começar a prejudicar o funcionamento psíquico e somático (corporal) do individuo, levando-o a manifestações constantes de o desconforto e apreensão exagerada. Neste nível de experiência, a ansiedade pode tornar-se patológica, e daí podemos incluí-la num grupo de distúrbios, ora denominados Transtornos Ansiosos.


Os transtornos de ansiedade podem ser divididos em:

1.ATAQUE DE PÂNICO 2.TRANSTORNO DE PÂNICO 3.AGORAFOBIA 4.FOBIAS ESPECÍFICAS 5.FOBIA SOCIAL

6.TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVO (TOC) 7.TRANSTORNO DE ESTRESSE PÓS TRAUMÁTICO 8.TRANSTORNO DE ANSIEDADE GENERALIZADA 9.TRANSTORNO DE ANSIEDADE INDUZIDA POR SUBSTÂNCIAS

 

Saulo Rocha – Psicólogo Clínico

#Ataquedepânico #Fobia #TranstornoObssessivoCompulsivo #Ansiedade

31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo